segunda-feira, novembro 17, 2008

Querida Mãe, ...

Escrevo-te estas palavras no dia em que fazes 60 anos.
Um dia que, acredito, deve trazer-te um misto de emoções.
Principalmente porque ainda há uns dias foste Avó de uma menina Linda, a Margarida!

Sempre achei muito difícil traduzir sentimentos em palavras, mas nestas que aqui escrevo pretendo (apenas) dizer o que sinto por ti e tentar demonstrar-te a importância que tens para mim!
Sei que por vezes não deve parecer… Mas és uma das pessoas mais importante da minha vida. Sei, também, que te tiro do sério com a minha teimosia - muitas vezes casmurrice! - e alguma intransigência! Mas estou convencida que são as nossas diferenças que nos tornam mais ricas. [Acredito nisso.]

És, à semelhança do pai, um dos meus pilares… Toda a minha vida assenta em muito – se não tudo – do que me deste e ensinaste!
Tenho guardado para mim momentos nossos que me são tão caros…! Os teus bilhetes com “sabes tudo”?!?! Para muitos insignificantes, mas de uma importância extrema para mim.

Mãe, Obrigada por seres quem és.
Eu sou fruto de tudo isso!
Apenas desejo que te orgulhes de mim...

... (simplesmente) amo-te!

4 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

Lindo! ...
Será que o Vasco um dia me vai dizer o mesmo ??? Espero que sim!
Bjs,
JM

novembro 17, 2008 6:43 da tarde  
Anonymous idiossincracias disse...

e o afonso?....

novembro 18, 2008 3:49 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Será q irei ouvir tão belas palavras das minhas Princesas?....
Parabéns para ti q sabes aproveitar o q de bom a tua deliciosa mãe te transmite.

Um xi coração cheiinho de mimos

Etel

novembro 19, 2008 10:25 da tarde  
Blogger MBSilva disse...

Minhas queridas Amigas,

Não dúvido que os(as) vossos(as) filho(as) dirão o mesmo, ou mais ainda.

Obrigada pelas vossas palavras!

Beijinhos a todas!

novembro 26, 2008 10:37 da manhã  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial