quinta-feira, janeiro 12, 2012

Carinho...

s.m. Carícia, afago, mimo.
Amor, ternura.

1 Comentários:

Anonymous Bea disse...

:)
É daquelas coisas que sabe sempre bem, seja de que forma for: dar; receber; sentir por aquel; sentir que alguém sente por nós...
Penso que será dos melhores sentimentos que se poderá ter por outrém, pelo menos é o mais sincero e verdadeiro, diria que impossível de imitar ou fingir.
Está na base, também, dos mais fortes sentimentos, do amor, de amizade.
É também dos mais universais e democráticos, tanto pode ser por uma criança, entre homens ou entre mulheres.
Não precisa de muito para surgir e para permanecer, e pode ficar, mesmo depois de outros sentimentos deixarem de existir.
Não precisa de muito para sobreviver, não é exigente, nem necessita de grande manutenção. A maioria das vezes entranha-se em nós e fica no lá, sossegado no seu cantinho, dando ares da sua graça quando o objecto da sua razão de ser se aproxima de nós ou nele pensamos. E sempre, sempre, se manifesta da forma mais simples, por um simples e inocente sorriso.

janeiro 13, 2012 2:05 da manhã  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial