domingo, março 25, 2012

«Naquele instante, desejei nunca mais me deixar arrastar pela vida. E compreendi que (...) não podia continuar a desperdiçar o tempo. Tinham passado dois anos: uma eternidade. Em dois anos perdi uma infinidade de emoções que nunca mais voltarão. (...), deitei fora uma série de oportunidades. É esse tempo que gostaria de ter.»

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial