domingo, outubro 28, 2012

Ouvi hoje e não fiquei indiferente...

«Nós, gente do povo, sentimos tudo, mas não sabemos nos exprimir; temos vergonha, porque compreendemos, mas não sabemos dizer o que compreendemos. E muitas vezes, por causa desse embaraço, revoltamo-nos contra os nossos pensamentos. A vida bate-nos, tortura-nos de todas as maneiras e feitios, queremos descansar, mas os pensamentos não nos largam.»

A Mãe - Gorki

1 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

Ainda hoje é assim. Claro que temos de localizar a expressão, no tempo. Mas ainda hoje "nos revoltamos contra os nossos pensamentos"

novembro 15, 2012 5:25 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial