terça-feira, maio 02, 2006

A 'linha' da nossa vida...

A "linha da vida" - a linha da nossa vida - varia de pessoa para pessoa. Penso que cada um "desenha" a sua própria linha, que pode ser recta, única, dupla, contínua, tracejada, curva (com ou sem contra-curva)... Serão raras as "linhas" que se mantém (sempre) rectas...

Pensava no que escrevia quando "tropecei" nesta fotografia que me prendeu a atenção...

(foto de Pedro Moreira)

...e - a propósito, ou talvez não - lembrei-me desta frase que li 'algures': "Não queira acrescentar dias à sua vida, mas vida aos seus dias".
...

4 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

Amiga...
Estou deverás impressionado com o teu Blog e olha quem eu não sou fácil de elogios!!! (para os outros)
Alguns textos são de uma grande profundidade e rapidamente se apercebe que Vª Ex.ª não anda neste mundo para ver andar os outros.
A canção de embalar, do Zeca Afonso, era o que a minha avó e a minha mãe me cantavam quando eu era criança, ontem, portando:)!!!! E eu tenho exactamente a mesma reacção, paro tudo o que esteja a fazer, o que tem sido bastante raro nestes últimos tempos:)!!!!!
Outra coisa que se chamou a atenção é a qualidade das fotografias, eu já fotografo há alguns anos mas, os teus enquadramentos são excelentes, mesmos muito bons, isto é se é obra própria se não diz-me qual é o site para um dia destes eu fazer um brilharete.
Independentemente de tudo tens feito um excelente trabalho e obrigado por teres partilhado o teu blog aqui com o je.
Agora falta saber quem sou…O resultado certo vale um convite para comer uma francesinha!!! Beijo

maio 04, 2006 11:52 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Caríssima amiga.
Agora não percebi, que é feito dos nossos diálogos, hum...
É verdade as coisas importantes não devem estar no escrutínio publico mas como é que vamos trocar ideias??
Espero não ter ferido susceptibilidades, porque não é, nem nunca foi, a minha intenção e quando digo que gosto do teu Blog é porque é verdade.
Se eventualmente o meu sentido de humor não se coaduna a este local por favor diz-me.
Espero que não estejas aborrecida.
Ainda nos vamos rir sobre as picardias, isto se não ficas-te aborrecida….
See you!

maio 10, 2006 8:02 da tarde  
Blogger MBSilva disse...

Caro anónimo, não pense que existe qualquer tipo de censura ao diálogo. Até porque esse tempo (felizmente!) já passou!
Mas reconheço que o objectivo do "Tecto" para além da publicação de ou sobre assuntos e situações com as quais me confronto (seja porque as vivi, li, ou ouvi algures) é suscitar e contribuir - como, e bem, diz! -para a troca de ideias e opiniões. Até mesmo sugestões!
Tenho de confessar que o conteúdo do nosso diálogo não se coadunava com o "espírito" do "Tecto"... Até porque qualquer pessoa é livre de se manter no anonimato - às vezes é o que traz piada a este mundo da blogosfera - mesmo e principalmente quando, como parece ser o caso, se trata de uma pessoa "conhecida".

Para que não haja dúvidas, quero que saiba que é - comentários incluídos - e sempre será benvindo ao "Tecto do Mundo"! [Mas este não tem as mesmas características de um MSN...]

Espero que entenda!

maio 11, 2006 11:11 da manhã  
Anonymous Anónimo disse...

Mensagem captada e compreendida.
Tem toda a razão.
Beijo.
Keep the good work!!!

maio 11, 2006 12:36 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial